Funcionalidades

A necessidade de um controle efetivo, adequado e instantâneo da propagação em especial da pandemia, se evidencia pela portaria nº 454 de 20 de março de 2020, a qual o Ministério da Saúde declara que a SARS-Cov-2 encontra-se no estágio de transmissão comunitária  em  todo  o  país,  o que denota a notificação de casos como suspeitos de COVID-19, sempre que apresente o paciente algum sintoma de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

Por obrigação que ao sistema de controle de vigilância epidemiológico precisa ser dotado de capacidade tecnológica, software e condições para adaptar as rotinas a evolução e velocidade que se coloca a pandemia, logo, é necessário e urgente a implementação de sistema gerencial para atual de forma simultânea nas diversas frentes de atuação da saúde epidemiológica.

PROPÓSITO

Dotar e capacitar os agentes epidemiológicos e demais profissionais que possam atuar na vigilância em saúde de ferramenta capaz de ser instalada em qualquer aparelho móvel (telefone ou tablet), bem como computador, para que possa coletar informações essenciais ao controle da pandemia neste momento do COVID-19, bem como:

  • Realizar o registro de notificações voluntárias (telefone);
  • Fornecer subsídios aos agentes para o procedimento de atendimento em conformidade com os padrões de saúde adotados pelo Ministério da Saúde e demais autoridades;
  • Monitorar a saúde dos “pacientes” que autodeclararem sintomáticos, por meio de aplicativo móvel;
  • Monitorar a saúde dos “pacientes” que forem notificados para estarem em quarentena por meio de aplicativo móvel;
  • Coletar informações de atuação de barreiras sanitárias e atuações;
  • Garantir o correto registro e coleta de informações realizadas pelos agentes epidemiológicos, e demais agentes que estejam atuando no enfrentamento;
  • Permitir a inserção de informações diárias dos “pacientes”;
  • Criar mapa de contaminação e mapa de proximidade;
  • Disponibilizar painel de gestão e monitoramento, com a visualização dos impactos epidêmicos na cidade/estado e/ou região, gráficos, estatísticas e mapa de “pacientes” monitorados, registros de ações etc.;
  • Produzir periódicos com informações epidemiológicas das ações, anexando as informações que foram introduzidas no sistema e validadas;
  • Dotar de rastreabilidade das pessoas infectadas, contatos e relações, criando uma teia de contatos e de forma automática recomendando o isolamento social, e criando o acompanhamento clínico;
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Últimas Notícias

Inteligência Artificial
Integração de dados entre equipes da Vigilância Sanitária e de Saúde
Saiba Mais
Interatividade
Acompanhamento diário do estado de Saúde e Geoposicionamento de cada paciente
Saiba Mais
Previous
Next

Receba novidades por e-mail!